painel

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Impasse


           Impasse


Existiu em nós tantas partidas,
 para cada partida uma chegada
nos despedimos das crianças,
e celebramos a chegada dos adolescentes
de sangue quente, que incendiava o corpo ,
a alma a todo momento.
você jovem voluptuoso ,
eu jovem dissoluta,
incendiávamos, amamos,
ferimos em todos as conjugações
a nós a voz, a eles...
despedimos...
Outra fase, outra chegada,
o homem ,a mulher!
Eu não menos dissoluta
você não menos voluptuoso
mas sempre só nós em um mundo
único tão único que nunca se foi...
Ardor da paixão,
Quebrávamos barreiras invisíveis
 e as visíveis intacta ...
Impoluto aos olhos,
poluto na alma,no corpo,na mente.
Entre paredes, entre os entes ...
suspiros no na madruga era o que
 permitia a paixão errada,
sussurros ,adrenalina, desafio
era pra ser mais....
tinha que ser mais...
lençol de cinismo,mentira...
entre nós veras da lascívia.
muitas idas e vindas
muito de nós.
tanto clamor
tanto ardor
mas nascemos pra ser sol e lua.





29 comentários:

  1. Entrei, visitei, gostei, vou ficar.
    A seguir o blogue desde Macau.
    Bfds

    ResponderExcluir
  2. Idas e vindas, despedidas , novas fases! Que lindo tudo isso aqui ficou! beijos, chica e obrigadão pela visita!

    ResponderExcluir
  3. Muito prazer em conhecer o seu blog! Gosto de ler belos textos e poesia inspiradora. É o caso da sua escrita.
    Felicito-a por estes lindos versos. Sim, a vida é feita de vários momentos, fases, partidas e chegadas...
    Bjs

    ResponderExcluir

  4. Boa tarde!

    Como sempre tocante , marcante....

    e fico há pensar se tal escrito
    aconteceu?

    MARAVILHOSO!

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde, obrigada pela sua visita ao meu
    blogue e seu comentário.
    É um prazer visitar o seu. Virei sempre
    que possa.
    Bjs.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  6. boa tarde liberdade!

    sensacional, sensual, inspirador
    provocante...

    ico sempre impressionado com o modo que escreve
    a cerca de tudo, o que gosto do seu blogger e da
    forma que vc escreve é que vc ão ica pressa a um
    único gênero, e seja o que escreve me tira suspiro
    me pondo a pensar, uma incógnita prazerosa !

    um beijo e até o proximo poster!

    ResponderExcluir
  7. Só aprendemos a não sofrer com os verbos em seus pretéritos quando vivemos intensamente cada uma dessas fases da vida.
    Belíssimos versos!

    Seguindo você!

    >>> www.ocasuloealarva.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Entre idas e vindas um impasse criado
    Já os encontros bordados com paixão e sensualidade
    Obrigada pela carinhosa visita
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Poema lindamente escrito. A vida é feita de idas e vindas, as vezes de prazeres, as vezes de dores. Adorei! Obrigada pela leitura.
    Um abração!

    ResponderExcluir
  10. Como muito carinho estou passando
    para deixar meu carinho ,
    também desejar um abençoado e feliz final de semana.
    Peço perdão pela minha ausência ,
    acredite não foi por falta de amor,
    mas para tratar de mim mesma .
    Deus esta comigo .. contigo ..e com todos q nele crê...
    Te carinho com um doce e afetuoso abraço.
    Que , Deus cuide de você dando sempre
    saúde pois sem ela nada somos nada seremos.
    Um beijo carinhoso.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  11. Obrigada pela sua visita!!
    Gostei do seu vôo de "Liberdade".
    Devemos ser livres de expor, pensar
    e da força para nela acreditar...
    Obrigada pela sua atenção dispensada.
    Achei interessante o seu blog e voltarei por aqui a passar!! Um bem haja.
    Luisa fernandes

    http://poemasdaminhalma.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  12. Muito bons seus escritos. Obrigada pela visita no blog Adeladia Lins. Bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  13. Linda poesia. Quando as despedidas tem retorno essa é a maior felicidade.
    Bjos tenha uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  14. AGRADECENDO A VISITA E A OPORTUNIDADE DE CONHECER TEU BELO ESPAÇO.
    JÁ TE SIGO E VOLTAREI.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Idas e vindas. Me tocou. Bem intenso. Sou visitante regular agora.
    :)

    ResponderExcluir
  16. Hola te envio mi blog de poesías por si quieres mirarlo gracias
    pasare mas veces por aquí
    besos

    http://anna-historias.blogspot.com.es/2016/08/los-pasos.html#comment-form

    Gracias

    ResponderExcluir
  17. Hola te envio mi blog de poesías por si quieres mirarlo gracias
    pasare mas veces por aquí
    besos

    http://anna-historias.blogspot.com.es/2016/08/los-pasos.html#comment-form

    Gracias

    ResponderExcluir
  18. Lindeza de poema, gostei imenso.
    Ótima semana!
    Ótimo mês de setembro!
    Abraços e sorrisos!
    Blog da Smareis

    ResponderExcluir
  19. ora, quanta identidade, certa vez escrevi uns versos que diziam mais ou menos assim, "errado, sempre errado, e por andar errado, errar tanto é que estive certo", pois se não tivessemos errado muitas vezes seria impossível acertar, o por termos sido ignorantes é que aprendemos e é por termos nos perdido é que nos encontramos, por termos sido impuros que nos purificamos e atingimos a plenitude da virtude. Um paradoxo cheio de verdade nas suas belas linhas. Obrigado pela visita e comentário :)

    ResponderExcluir
  20. Boa tarde, quando a partida regressa à origem, a união fica mais forte e mais desejada, o poema é maravilhoso.
    Resto de boa semana,
    AG

    ResponderExcluir
  21. Que lindas palavras!
    Vim retribuir a sua carinhosa visita e já fico como seguidora. Adorei o blog. Parabéns!

    Beijão!
    Blog: *** Caos ***

    ResponderExcluir
  22. Fantástico jogo de palavras, algumas vezes precisei pesquisar os significados, mas gostei muito.
    http://brancobolcado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Sol e Lua dois pólos em tensão
    que se repelem e atraem
    uma terna ilusão.

    Grato pela visita. Volye quando puder.

    ResponderExcluir
  24. Sol e Lua dois pólos em tensão
    que se repelem e atraem
    uma terna ilusão.

    Grato pela visita. Volye quando puder.

    ResponderExcluir
  25. Boa noite Liberdade!
    Estive bastante ausente do blog, mais não poderia deixar que o ano terminasse sem passar aqui pra deixar meu carinho e meus agradecimentos por termos caminhado juntamente pelo menos um pouco durante esse ano de 2016 nessa blogosfera. O meu muito obrigada!
    Que o menino Jesus esteja sempre presente na sua vida.
    Desejo a você e à sua família um Natal de Luz e um próspero Ano Novo
    Repleto de alegrias e bênçãos!
    Boas Festas!
    Feliz Natal!
    Feliz 2017!
    Abração!
    Blog da Smareis

    ResponderExcluir
  26. Vim ler o poema e deixar um abraço de amizade e liberdade. Tardio, mas a tempo, enquanto se vive e se é livre. Obrigado pela sua visita.

    ResponderExcluir